O que fazer em Passa Quatro

Todos querem saber o que fazer em Passa Quatro. Passa Quatro é uma cidade charmosa, acolhedora e muito aconchegante, que recebe seus turistas com imensa satisfação. Encontra-se em uma localização privilegiada, no centro do eixo Rio-São Paulo a cerca de 250 km dessas capitais.

Você encontrará um prazeroso passeio que reúne diversas atrações, como um rico conjunto arquitetônico de belos prédios preservados e reparados, assim como o calçamento de pedras de ruas muito bem cuidadas. Visitará belas igrejas, inúmeras paisagens cênicas naturais como matas nativas, cachoeiras e montanhas. Seja a pé, a cavalo, de trem, jipe ou bicicleta, vale à pena realizar esses roteiros diversos como o de aventura pelas corredeiras de rios, cachoeiras, trilhas e matas fechadas de beleza incomparável.

Entre as principais atrações da Cidade estão o Carnaval de rua, o Festival Gastronômico, as ruas enfeitadas no Corpus Christi, a Festa do Gado Leiteiro, o Festival de Bandas, o passeio histórico da Maria Fumaça, um museu da história do Brasil em miniaturas, além do Ecoturismo, com diversos tipos de esporte de aventura como escaladas, maratonas, trekking e parapente. 

No comércio é fácil encontrar diversos tipos de queijos, doces e artesanato local. A cidade está repleta de belas pousadas e restaurantes. Muito bom gosto para se hospedar e comer!

Venha viver esse prazer entre as majestosas montanhas da Serra da Mantiqueira e tenha certeza: Você vai querer voltar!

Fonte: Passa Quatro MG

Com tantas estradinhas lindas e paisagens magníficas, a prática de esportes se torna uma aventura, um deleite, uma diversão.

Indicamos as empresas que oferecem passeios. Confira alguns passeios:

A Casa do Artesão é o espaço destinado à demonstração e venda de artesanato confeccionado por artesãos locais.

Um museu de cenários históricos brasileiros em miniatura. São vários cenários modelados com perfeição, incluindo mais de 200 personagens cada um. Retratam fatos como a Revolução de 32, a Revolução Farroupilha, Bandeirantes e Jesuítas, A Saga dos Pampas, etc.

Formada por várias quedas, a maior delas com 40m, em um cenário de rara beleza, é ideal para prática do rappel. Suas águas tocaram as turbinas da primeira usina hidrelétrica da cidade, uma das primeiras do Brasil, em 1911.

Possui duas quedas que proporcionam um relaxante banho de cachoeira, sendo que a segunda forma um poço onde se pode nadar. Por estar ao lado da estrada, dispensa caminhadas, mas o acesso merece cuidados.

É um belo exemplo da arquitetura eclética do início do século passado, construído pela Família Hespanha. Já foi sede do Banco Hipotecário e da Prefeitura Municipal e após ser reformado, o prédio foi adaptado para receber a Biblioteca Municipal e a Casa da Cultura. Atualmente o local também é sede do Patrimônio Histórico Municipal.

A região oferece excelentes trilhas para a prática do mountain bike.

A escalada é um esporte que utiliza técnicas e movimentos específicos com o objetivo de subir uma montanha ou um muro artificial. A região é propícia para essa modalidade de esporte.

Administrado pelo IBAMA até 2007 e agora pelo Instituto Chico Mendes, a Floresta foi criada em 1948. São 332 hectares de matas nativas e exóticas. Possui um pequeno museu, auditório e biblioteca especializada em ciências ambientais, além de fonte de água mineral, lago, cachoeira do Iporã e viveiros de mudas que são comercializadas.

A Igreja Matriz de São Sebastião é uma linda igreja no alto de um morro. Para chegar a ela é necessário subir vários degraus, que possuem uma listra grande e vermelha como se fosse um tapete. As ruas enfeitadas para a procissão de Corpus Christi é uma tradição muito antiga em nossa cidade, que reúne […]

Entre a estrada da Toca do Lobo e a margem do Rio Quilombo, um presente centenário da natureza: uma enorme árvore, o ingazeiro. Pertence à família das leguminosas, cujos galhos têm dimensões de troncos, formando uma copa de 30m de diâmetro. Convite para um piquenique ou um simples descanso.

Montanhismo é um termo genérico relacionado a toda atividade ligada à montanha. Num contexto desportivo, o montanhismo designa a prática de toda atividade de marcha em condições de média montanha, ou seja, até 2.000 m de altitude.

Clube de campo com quadras, campo de futebol society, quadra de areia, área para churrasco, playground, piscina, saunas e salão de festas.

Cavalgar é uma atividade milenar e faz com que a pessoa que a pratica sinta o prazer de estar próximo à natureza. São paisagens que farão você se sentir em perfeita harmonia com o meio ambiente.

Para quem gosta de estar próximo à natureza, curtir lugares lindos, mas não abre mão do conforto, fazer um passeio de jipe é o ideal.

A Pedra da Mina é a quarta montanha mais alta do Brasil e está situada na Serra da Mantiqueira, na Serra Fina. Considerada a melhor Travessia do Brasil, na divisa do estado de São Paulo com o estado de Minas Gerais. Com 2.798,39 m de altitude, é o ponto culminante da Serra da Mantiqueira.

Com 936 m de extensão, essa é a trilha mais famosa e visitada da região. É considerada de grau fácil, o que não exige muito preparo físico para a subida, e o caminho é bem sinalizado. Por receber muitos visitantes, a trilha tem algumas contenções, escadas e pontes, que facilitam a caminhada.

Na divisa de São Paulo com Minas Gerais, na Serra da Mantiqueira, a 18 km de Passa Quatro, fica o Pico do Itaguaré, que em tupi significa “pedra sagrada”. Mas na região esse pico também é conhecido como o Gigante Adormecido, porque parece o rosto de uma pessoa deitada no horizonte.

O pico dos Marins é uma montanha brasileira, situada na Serra da Mantiqueira, no Estado de São Paulo. Seu cume está 2420,7 m acima do nível do mar, sendo o 26° pico mais alto do país. Formado por um grande maciço rochoso com paredões íngremes, a montanha é um importante destino para quem pratica trekking.

A Cachoeira do Andorinhão está localizada no alto da Serra da Mantiqueira, na divisa entre os municípios de Passa Quatro e Itanhandu. Alguns de seus afluentes nascem aos pés do Pico da Pedra da Mina, formando um lindo rio com águas cristalinas e que corre entre imensas pedras em meio à mata nativa.

O Poço do Manacá é um poço artificial feito com pedras no caminho do rio. Um excelente local para relaxar ouvindo o som das águas. É como um “cantinho de descanso” escondido pela mãe natureza em Passa Quatro.

O rapel nada mais é do que a técnica usada para efetuar uma descida vertical com o auxílio de uma corda. O que poucos sabem é que ele se diferencia totalmente dependendo de onde você o pratica.

Um dos mais belos atrativos de Passa Quatro é o Rio Verde. Alguns de seus afluentes nascem aos pés do Pico da Pedra da Mina (2.797 m), formando um caudaloso rio com águas frias e cristalinas, que corre entre imensas pedras, em meio à mata nativa. Sua coloração esverdeada é impressionante.

A clássica travessia de montanha que liga o Pico dos Marins (2.420m) ao Pico Itaguaré (2.308m) é a mais técnica da Mantiqueira, devido à dinâmica que exige dos montanhistas. Suas cristas são de pedras empilhadas, o que deixa várias fendas à mostra.

Considerada uma das trilhas mais desafiadoras (e também uma das mais bonitas) do sudeste do Brasil, a Travessia da Serra Fina, situada na divisa de Minas Gerais com São Paulo, percorre algumas das mais altas montanhas da Serra da Mantiqueira.

O Trekking ou Caminhada é uma atividade física, aeróbica, que consiste no ato de caminhar em trilhas naturais, buscando maior contato com a natureza. É, na verdade, a mais antiga e conhecida forma de deslocamento desde que o homem ascendeu à qualidade de bípede e iniciou o ato de caminhar.

Construída em 1925 pela empresa americana Baldwin Locomotiva Works, a locomotiva 332 traciona dois carros de passageiros feitos em madeira, em 1956, nas oficinas da Estrada de Ferro Central do Brasil em Belo Horizonte.

O Pico dos Três Estados com altitude de 2665m é uma montanha em cujo topo está o ponto onde se encontram as divisas geográficas dos estados brasileiros de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo (respectivamente, municípios de Passa Quatro, Resende e Queluz).

O Túnel da Mantiqueira é um túnel ferroviário com 997 m de extensão, localizado nos km 23 e 24 da ferrovia Minas e Rio, precisamente na fronteira entre os Estados de São Paulo e Minas Gerais, e também dos municípios de Cruzeiro-SP e Passa Quatro-MG.